quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Missa afro na Paróquia Jesus Bom Pastor

video

video

domingo 21/11 - Celebração Afro - confira alguns momentos.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

E por falar em casamento...

Todos os relacionamentos, principalmente os de casa, devem ser firmados no Amor. E o Amor tem dois pilares: a paciência e a bondade.
O amor irá inspirá-lo a ser paciente, a demorar em irar-se, a distribuir misericórdia com quem te cerca. A paciência traz calma interior, mesmo que exteriormente há uma tempestade. A paciência ensina-te a dar ao outro o direito de ser humano e falhar.

“Tenham cuidado para que ninguém retribua mal com o mal, mas sejam sempre bondosos, uns para com os outros e para com todos” (1Tessalonicenses 5,15)

Tente, hoje, não dizer nada negativo. Se a tentação vier, cale-se...

Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se (Tiago 1,19)

O amor em ação é a bondade. Quando você é bom as pessoas desejam estar ao seu lado. Seja gentil, fale de forma amorosa, seja prestativo, tenha boa vontade, seja agradável, ouça sempre primeiro e sempre tenha iniciativa: sorria primeiro, cumprimente primeiro. Seja sempre o Bom Samaritano de seu próximo, que pode ser seu marido ou esposa, filhos, colegas de trabalho. Não espere que o outro seja bondoso primeiro, dê você o primeiro passo.

O que faz um homem desejável é a sua benignidade
(Provérbios, 19,22)

O amor é tardio em ofender e pronto a perdoar, ensina a sermos gratos, a partilhar, a ficar feliz com o sucesso do outro. A forma de fazer o amor durar é que ele seja incondicional, esse é o gênero do amor de Deus: escolher amar sem esperar recompensa. Esse amor é plantado em nós por Deus. Amar sem porquês nem pra que, simplesmente ama e ponto final.
Deixe o amor brotar dentro de você e depois o esparrame por onde passar como flores! Sua vida será eternamente perfumada...

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna.
(São Francisco de Assis)

CASAMENTO COMUNITÁRIO


Deus uniu, mas homens e mulheres devem, todos os dias, cultivar essa união


No dia 23 de outubro quinze casais celebraram o casamento comunitário na Paróquia Jesus Bom Pastor.
Esses casais, buscando o sacramento do matrimônio, acreditam que o amor que une é um "sinal" muito particular do próprio amor de Deus e sinal do amor com que Jesus Cristo ama a Igreja. "Sinal" é também um dos significados da palavra "Sacramento".
Por este sacramento oferecem-se mutuamente diante de Deus e Deus consagra (torna sagrado) e abençoa esse amor. Por sua vez, a comunidade é testemunha, une-se à oração e alegria dos noivos.
Deus, que é amor e criou o homem por amor, chamou-o a amar.
O casamento dá inicio a uma nova família, Igreja Doméstica, ou seja, manifesta e realiza a natureza de comunhão e familiar da Igreja como família de Deus. Cada membro, a seu modo, contribui para fazer da família uma comunidade de graça e de oração, escola das virtudes humanas e cristãs, lugar do primeiro anúncio da fé aos filhos.

Parabéns aos casais!!!